Integração das novas tecnologias de informação e comunicação no ensino superior


DSC_0366 By Natalia Jaime

O tema acima mencionado foi discutido na conferência do RUFORUM onde o foco era o futuro da Tecnologia de Informação e Comunicação no processo de ensino e aprendizagem nas universidades membros daquela organização.

Dentre vários objectivos, a sessão pretendia motivar o pensamento em relação às novas tecnologias de informação e comunicação e o seu papel no ensino superior; Fornecer uma plataforma, para onde as universidades membros do RUFORUM e fazer novas parcerias na área de inovações educacionais.
Nodumo Dhlamini, Gestora dos programas de tecnologia de informação e comunicação do RUFORUM deu abertura a sessão, dizendo que as TIC’s são importante para as universidades, pois melhora a forma de gerenciar as informações.


A moderadora Lisbeth Levely disse que a internet em africa desde 1996 ate os primeiros dias do projecto RUFORUM, somente 3 países tinham mais de 64kbps/banda larga; Quénia, Zimbabwe e Moçambique tinham 9,6kbps, Uganda tinha 64kbps e Malawi tinha uma conexão dial-up. Em 2009, 58% das universidades do RUFORUM tinham políticas de TIC e 60% tinha uma unidade central de TIC para gerenciar.
No RUFORUM, existem também recursos de ensino aberto (OER-sigla em inglês) que começou com 8 universidades escolhidas com base na infra-estrutura e compromisso com a inovação. Começou-se com a sensibilização, treinamento e escrita para recursos de ensino aberto. Agora 5 universidades têm a política de ensino via internet, 26 cursos foram criados por OER e o RUFORUM está agora investigando Massive Open On-line Courses (MOOC), para possibilidades de uma rede.

Razão para integrar TIC na educação
Prof. Jude Lubega, da universidade de gerência e tecnologia de Uganda (UTAMU) defende a integração das TIC’s na edução, e ele menciona algumas razões nomeadamente: permite acessibilidade eficaz dos recursos; permite uma rede eficaz; permite uma colaboração eficaz e também permite uma fácil partilha dos recursos.  “Não é um espaço on-line para roubar e possuir como seu, mas sim, é um serviço educacional de internet bem desenvolvido, é um espaço habilitado de recursos e conteúdos on-line, e é também um simples site com cursos on-line”, acrescentou.
Partilhando as experiencias da universidade de UTAMU – Uganda Tecnology na Management University – Lubega diz que, usa-se a TIC para partilhar informações sobre a agricultura, usando as redes sociais como, facebook, youtube, teacher tube, twitter, linkedin e outras.
Refira-se que a UTAMU tem a missão de providenciar a nível mundial a educação, investigação e inovação para a economia e o desenvolvimento humano.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: