A conferência Bianual do RUFORUM procura melhorar o sector agrário


blog

 

Arrancou na manhã de hoje em Maputo a cerimónia de abertura da conferência bianual do RUFORUM com lema ”Celebrando a contribuição das instituições de ensino superior e seus parceiros para o desenvolvimento da agricultura em África”.
O painel constituído por Orlando Quilambo (reitor da Universidade Eduardo Mondlane), Graça Machel (Presidente do FDC), Adipala Ekwamo (Secretario Executivo do Ruforum), Nkosazana Dlamini (Presidente da Comissão da União Africana) entre outras personalidades internacionais vão analisar a segurança alimentar e a erradicação da fome em África.

Em gesto de abertura, Orlando Quilambo, saudou o público presente manifestando o interesse que a Univ
ersidade Eduardo Mondlane tem na promoção do sector agrário Moçambicano através da pareceria que há onze anos estabelece com o RUFORUM.


“Quando há onze anos entramos nesta rede do RUFORUM, nunca imaginamos o quão importante seria para nós. Lembro-me que anos antes de estabelecermos parcerias, a UEM contava, apenas, com cinco doutorados em agricultura e quando nos juntamos obtivemos sessenta e cinco doutorados e isto é uma satisfação”. Disse

A conferência com o objectivo de desenhar estratégias para o fortalecimento da agricultura em África acontece numa altura em que se celebra o ano Internacional da Agricultura Familiar  em reconhecimento à contribuição desta atividade para a segurança alimentar  e a erradicação da pobreza no mundo.Nesta linhagem de abordagem, o secretario executivo do RUFORUM, Adipala Ekwamu espera que os resultados da conferência possam ajudar os países africanos a melhorar a agricultura. A seguir, este apontou os objectivos fundamentais da RUFORUM.
“O RUFORUM tem como objectivos a criação de capital humano através da formação no nível de mestrado e Phd no campo da agricultura. Nós procuramos incutir o abito de pesquisa em Ciências e tecnologias agrarias porque acreditamos ser este sector que assegura o crescimento econômico de toda uma nação”, afirmou.

    “o crescimento é guiado pela inovação e a inovação é guiada pelo conhecimento”

Esta afirmação foi feita pelo professor Levi Nyagura na abertura doa sua intervenção, que na ocasião apontou as Universidades como os meios fundamentais para o enriquecimento do capital humano qualificado que influenciará no desenvolvimento do sector agrário.
Outro fator por ele apontado que deve ser anotado e solucionado é questão do acesso ao emprego dos jovens recém-graduados na área de agricultura que, segundo ele, tem tido dificuldades de ingressar no mercado de trabalho.

“Devemos ensinar aos nossos agrónomos a mobilizar o conhecimento para gerir conhecimento, isto é, eles devem ser capacitados a gerir o seu próprio negócio, sem que por isso, esperem apenas no governo”. Disse
Entretanto, Nyagura, no seu discurso aponta a ciência como base para a implementação da tecnologia na agricultura, segundo ele, se os jovens de hoje não dominarem a ciência, teremos que sempre importar pessoas de fora para nos ensinarem como é que deve ser inovada esta atividade.

Por sua vez, Nkosazana Dlamini, Presidente da Comissão da União Africana partilhou da mesma opinião do Professor Levi Nyagura deixando o apelo que devemos todos pensar na África do futuro. Para ele, uma África do futuro deve ser próspera, invejável e sobre tudo com segurança alimentar garantida.“Os caminhos para chegarmos a esta ideal África do Futuro é através da revolução do conhecimento, das instituições de ensino superior e da integração das tecnologias de modo que os estudantes de agricultura possam inovar neste campo” garantiu Dlamini.

Graça Machel, Presidente do Fundo para o Desenvolvimento Comunitário – FDC fez uma reflexão sobre a melhoria da alimentação. Segundo esta fonte, todos temos direito de ter, pelo menos, três refeições por dia independentemente da nossa localização geográfica. “o que é faríamos se víssemos a nossa família a passar fome? A resposta a esta pergunta é a resposta para o melhoramento de segurança alimentar e a erradicação da fome em África” disse Graça.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: